Contos Eróticos

Seção de Contos Eróticos GRÁTIS

Esta é nossa Seção de Contos Eróticos GRÁTIS. Para acessar é necessário ter uma senha que é mudada todo mês para garantir o acesso somente a você que é especial e tem mais de 18 anos de idade, de maneira segura e com alta perfomance e velocidade. Para pedir sua senha, basta enviar um email, clicando AQUI .

Ao enviar seu email, você afirma que tem mais de 18 anos de idade e que tem idade legal para acessar nossas fotos. Tod@s @s model@s são maiores de idade também. Envie seu email com pedido para casadamaite@gmail.com

PARA ENVIAR SEU CONTO, VOCÊ TAMBÉM PRECISA SER MAIOR DE 18 ANOS DE IDADE, E NO CONTO NÃO PODE ENVOLVER MENORES DE IDADE.

SIGA ABAIXO E TENHA SEU CONTO NO SITE CASA DA MAITE

Procuro mulheres

SOU ESCRITORA ERÔTICA NAS HORAS VAGAS. SOU LEITORA ASSÍDUA DE REVISTAS MASCULINAS DESDE 1987,EU PUBLICO ANÚNCIOS,RESPONDO ANÚNCIOS.ETC.

Uma noite muito boa!!!

Nossa história se passa no ano de 2011, já tínhamos frequentado uma casa de swing antes, mas está foi a primeira vez que vivemos tal experiência, eu com 28 anos e ela com 26, dona de um corpo lindo, uma gata com seios fartos, e uma linda tatuagem que pega as costas de ponta a ponta, devo ser sincero em dizer que ela desperta muitos desejos e fantasias principalmente as minhas, dona de uma carisma sem igual.

Quando o conheci-primeiro encontro

Coleira - Uma coleira é posta ou dada em um relacionamento como um profundo símbolo de entrega. O encoleirado é considerado como propriedade daquele que lhe dá a coleira. O ideal é conter as iniciais daquele que "possui" o encoleirado.

Cícera virou minha ESCRAVA - parte II

Sou DOM GRISALHO, continuarei a descrever a iniciação de Cícera, em sua primeira experiência real ao servir-me como escrava. Tentarei narrar de maneira clara e real como ocorreu o momento de sua entrega, para que possa demonstrar o quanto essa conquista foi significativa, pois a considero uma das melhores fêmeas que já pertenceram ao meu canil.
No dia anterior ao encontro, ordenei que comprasse um lingerie, do tipo fio dental e um sutiã transparente para usar no seu tão esperado adestramento inicial como cadela. Disse-me ter vergonha de comprar tais peças por ser religiosa, mas que para o seu Senhor ela faria qualquer coisa, já que reconhecia que era sua obrigação e queria de fato submeter-se ao meu jugo.

A primeira vez de angel

Atenção, esta é uma história real, todos os detalhes e acontecimentos são verdadeiros,
os nomes foram alterados como forma de proteção às pessoas envolvidas.
“Nem toda mulher gosta de ser algemada. Só as normais.
As neuróticas reagem, confundem submissão com humilhação,
não entendem que tudo não passa de um jogo.”
-Nelson Rodrigues-

Marcos: O chefe quarentão e malhado

Trabalho em uma loja e tenho como chefe um homem de 42 anos, mas que aparenta uns 35, um cara muito bonito, corpo bem definido, sarado, moreno, um tesão mesmo, chama-se Marcos.
Sexta-feira antes de fechar a loja ele me pediu se poderia ficar trabalhando sábado a tarde para darmos uma organizada na loja, disse que não teria problemas, ele me explicou que a loja estaria fechada e que ele precisaria de um funcionário para o ajudar a organizar algumas coisas.
 
Fechamos a loja sábado de manhã e combinamos para as 13:00 horas estar de volta, cheguei uns 5 minutos antes, seu carro já estava parado na frente, bati na porta e ele logo veio atender, abriu a porta, que visão estava sem camisa, pois fazia bastante calor, ele disse entra cara estamos sozinhos, entrei ele fechou a porta e a cortina, começamos a organizar a loja, ele estava só de bermuda preta que ficava toda hora caindo e deixava a mostra sua cueca branca, aquilo foi me dando muito tesão, já estava com o p

Família unida

Olá, sou Alan tenho 24 anos, 1,76m. E 82kg. Sou branco de cabelos negros e olhos castanhos,tenho uma irmã gemea que se chama Elane, 1,73m. E 56kg, branquinha com eu cabelos negros lisos até a cintura, elane assim com eu é gay. Tem namorada,a Dayle de 26 anos 1,59m. E 50 kg. Branca de pele morena, cabelo negros ondulados olhos castanhos claros e bastante bonita, já eu namorei por muito tempo um rapaz de nome Daniel, mas a relação acabou. Hoje namoro uma travesti chamada Monica, tem 1,70m. E 62kg. Branca cabelos negros e lisos como o da minha irmã, muito linda parece com a monica mattos(por isso o nome de monica) ela tem 21 aninhos olhos azuis e corpinho muito sexy,parece mesmo com o da atriz.bom a estoria é o seguinte, estava eu em casa a Elane e Dayle, estvamos coversando animadamente sobre sexo,minha irmã falando de suas fantasias.
_Olha eu tenho muita vontade de transar com uma travesti.
_nossa Elane _falou Dayle espantada_mas já que tu falou, também tenho esta fantasia._completou a Dayle.

Contos eróticos com minha escurinha

Minha história é a seguinte: eu morava sozinho em uma cidade do interior e lá não existia prostituta, garota de programa, e eu era viciado para chupar uma buceta, depois de muito tempo que estava naquela cidade, encontrei uma escurinha que se interessou por mim. Ela morava com um cara e em conversa eu a convidei para ir onde eu morava, se possível, à noite. Era uma escurinha muito enxuta, nova, um corpo muito perfeito, bonita e tinha um par de maminha durinho que parecia ser de uma virgem. Certa noite, lá pelas nove horas, ela chegou. Convidei-a para entrar e logo fechei a porta. - Que bom você ter vindo, agora vamos tomar um banho e depois vamos nos deitar. Tiramos nossas roupas, ficamos apenas com as roupas íntimas e entramos para o banheiro. Que corpaço era o dela. Eu já fiquei tarado e a rola começou endurecer. Ela notou e me deu um abraço e terminamos de nos despir e tiramos uma de pé mesmo entes do banho. Gozamos rápido e ligamos o chuveiro.

MInha primeira vez com travesti

Meu fraco ou minha tara sempre foi chupar uma buceta e a chupei durante uma boa temporada.
Quando assitia filmes e via aquela chupação de rola, começou despertar em mim uma vontade louca de experimentar chupar uma, mas pensava assim, isto era um absurdo, um homem que era viciado chupar buceta e de repente chupar rola? Não pode ser. Quando fui para Belo Horizonte trabalhar à noite em um hospital, cedo eu saia e ficava andando pela cidade até ir para casa. Eu sempre com aquele desejo de experimentar chupar uma, mas pensava assim: para eu tentar terá que ser de uma boneca (travesti) porque ela era muito parecida com mulher, tinha mamás grandes, vestia roupa de mulher, enfim era quase uma mulher.

Coroa tarado me ameaça e me violenta brutalmente

Acontaceu à oito anos atrás. Na época; 46 anos, moreno, baixo, magro, casado e pai de dois adolescentes. Até então; extremamente machista e conservador, jamais poderia um dia, me imaginar numa situação como aquela.
naquele dia; eu viajava rumo ao centro da cidade, sentado no último banco de um ônibus (frescão), quando ao meu lado, sentou-se um senhor (60/65anos), negro, alto, forte, careca, bigodão e vestido num alinhado terno. Fato muito comum; se o ônibus não se encontrasse práticamente vazio e com diversos bancos disponíveis.
 
Pouco tempo após retirar o paletó e pô-lo sobre o colo, começou a roçar insistentemente uma das suas pernas na minha, me deixando bastante irritado e prestes a reagir. mas; ao perceber que usava uma aliança em sua mão esquerda e constatar ser ele também casado, fui tomado por um repentino e estranho desejo.

Comendo o moreninho gostoso do manhunt

Ola, me chamo Lucas (ficticio), moro em Saquarema - RJ tenho 32 anos, sou branco, 176 de altura, olhos e cabelos castanhos, 100kg aproximadamente, sou gordinho, tenho pelos nas pernas, bracos, peito e barriga sao poucos, modestia parte sou bonito, pelo menos todo mundo diz, tenho coxas grossas. Sou gay e sou sexualnente ATIVO. Vou relatar aqui o meu primeiro conto. Bem tudo comecou quando me cadastrei no site Manhunt, comei a conversar com um cara q mora na capital, ou seja RJ, um dos bairros do rio, ou seja do rio ate saquarema da 1:30 de onibus, vou chamar esse cara de Roni (ficticio) ele e moreno claro, cabelo a maquina 1, aproximadamente 168 de altura e uns 65kg ele.e parrudinho, um gatinho.

Queria um e levei dois

Vou contar uma transa deliciosa que tive há algum tempo, coisa de menos de um ano. Conheci pela net um cara que vou chamar de Paulo(fictício), que disse que queria me conhecer. Trocamos algumas mensagens apimentadas, eu mandei umas fotos e ele ficou tarado para me comer(modéstia à parte, sou uma morena coxuda, bundinha redonda e montada fico bem gostosa, segundo dizem), só que ele morava no interior. Aproveitei uma carona da minha patroa e lá fui para onde ele estava. Mantive contato por telefone com ele e combinamos. Eu cheguei umas 9h da manhã e segui logo para um motel, onde me montei todinha pois queria que ele me encontrasse já prontinha e também porque queria transitar naquela cidade montada, pois não conhecia ninguém e adoro desfilar montada quando posso.

Viajando com a professora - parte 1

Eu de bobeira com meus amigos no pátio como de costume, quando no fim do intervalo passa uma professora nova jovem, bonita, e cheia de estilo, perguntei quem era mas ninguém conhecia só disseram que era nova professora do TI fiquei encabulada em como aquela olhada mecheu comigo, e o pior ela me pegou olhando. Passei o final do semestre e mais um tempo sentido coisas estranhas, terminei com meu namorado e as coisas só pioravam, mas mantinha a discrição até que um belo dia me chamaram pra uma feira da área, topei, mas não confirmei. Meus amigos iriam além de que conhecia quase toda o TI era uma boa oportunidade pra me atualizar Já que também já tinha feito técnico, um mês depois já havia esquecido q precisava confirmar, me ligaram faltando uma semana dizendo que só restava uma vaga se eu realmente iria,confirmei e preparei tudo as pressas .

Encoxada no marcado

Sabado á tarde, após sair da academia fui fazer compras em um mercado proximo a minha casa como de costume abastecer minhas vaidades meus cremes , hidratantes e shampoos adoro essa parte do mercado me sinto tão menina escolhendo perfumes como uma mulher faz quando vai a compras perco horas cheirando lendo as novidades para o corpo e amo pricipalmente óleos de massagens gosto tanto que as vezes até viajo em meus pensamentos , em determinado momento fui passar entre dois carrinhos e em minha direção veio um rapaz também no mesmo sentido , então dei uma encolhida para passarmos juntos mas acabei levando uma encoxada como eu havia acabado de sair da academia eu estava com uma calça jeans com lycra acabei sentindo todo volume das calças do rapaz que gentilmente me pediu desculpas , eu meio que assustado em sentir aquele volume todo meio que sem ar disse imagine ta tudo bem ja dando uma corrida de olho no volume e ele percebendo sorriu , continue por ali olhando e de vez enquando cruzavamos olhares e sorrisos .

Comendo a prima

Em fevereiro de 2007, fui convidado por uma prima minha, a patrícia, a participar de uma festinha que ela e o namorado dela dariam no ap dela. ela é uma garota bem legal, tem vinte e sete anos, dois a menos que eu, é loira, 1,50m de altura, e desde que éramos pequenos, sempre nos demos muito bem. eu e ela já fizemos muita festa juntos, inclusive algumas sacanagens. com o tempo, devido aos nossos compromissos, acabamos nos afastando. como ela me convidou para a tal festinha, eu é que não iria perder essa oportunidade de se divertir. no dia combinado, já ao chegar no ap da patrícia, ela me recebeu com um abraço e um beijo no rosto. ela estava linda num vestidinho vermelho bem curtinho e muito decotado. nisso o paulo, seu namorado, veio ver quem tinha chegado e ela aproveitou para nos apresentar um ao outro. ele tem trinta e dois anos, é alto, cerca de 1,90m de altura, negro, bem sarado, ou seja, um negão lindo.

Luanda primeira Travesti e deliciosamente "grande"!

Bom pessoal de começo peço desculpas caso algum erro de português seja presenciado, vou começar me apresentando...Me chamo Junior, sou de Sorocaba - SP, moro aqui faz uns 5 anos + ou -, eu namoro, estudo e trabalho numa multinacional aqui na cidade, sou branquinho de cabelo escuro, boca vermelha, magro, 1.75 de altura, meu pau tem 17cm e particularmente acho q tenho uma bundinha gostosa rsrs...

 

Minha mulher cagou no pau do amigo

Minha esposa é chamada “falsa magra” e possui uma bunda redondinha e maravilhosa. Com calça jeans justa de cintura-baixa faz com que os homens a devorem com os olhos. Praticamente, eu a iniciei em todo tipo de sacangem.
Após um ano de casado, consegui convencer minha esposa a fazermos algumas experiências de ménage. As primeiras envolveram mais mulheres em nossa transa e minha esposa gostou bastante. Adorava gozar tendo a bucetinha chupada por outra gata e curtia ficar de namorico com outra mulher.
Passado um tempo ela começou a exigir que fizéssemos ménage agora com outro homem. Minha mulher adora sexo anal e começou a nutrir a idéia de uma dupla penetração e de mamar dois cacetes ao mesmo tempo. Bem, conclui que o pedido dela era legítimo, afinal de contas: direitos iguais.
Garimpamos na net e nos encontramos com um cara solteiro e que se dizia experiente com casais.

No motel com o coroa

Tudo começou quando me cadastrei no extinto Uol K. Coloquei fotos minhas lá e logo começaram a chamar a atenção. As pessoas entravam em contato, faziam comentários e comecei a trocar emails com gente interessada em algo mais. Até que um dia aconteceu...
Um cara, ou melhor, um coroa, se interessou por mim. No começo não dei muita corda, mas ele insistiu, disse que viu minhas fotos, gostou da minha bundinha e queria me conhecer. Depois de mais de dois meses da minha última trepada com o Saulo, acabei cedendo. Estava doidinha pra dar de novo. Combinamos de nos encontrar no estacionamento de um shopping. Antes de sair de casa, fiz a higiene íntima. Fui à paisana, é claro. Pelo celular fui seguindo as coordenadas até que o encontrei. De início estava bem tensa. Sei que a chance de que ele fosse alguém conhecido era pequena, mas acidentes acontecem. Para meu alívio não era ninguém conhecido.

A mulher do meu cunhado

Pra quem ainda não me conhece, meu nome é Alex, tenho um caso com uma menina que trabalha lá em casa a algum tempo, Ritinha veio trabalhar conosco ainda virgem, fizemos varias brincadeirinhas e até anal mas a virgindade ficou para o futuro esposo que é da Igreja, bom, mas isso está escrito em outras histórias que vocês poderão encontrar com os seguintes títulos (chupando buceta virgem por R$50,00) e (pagando R$300,00 por um cuzinho virgem) hoje ela é casada, nos tornamos amantes e fazemos de tudo, Ritinha tem mais ciumes de mim que minha própria esposa, mas vamos lá.
Vamos agora a minha nova aventura, tenho um cunhado com a minha idade 45 anos, um cara muito bacana, ele morou um tempo na minha casa quando solteiro, sujeito muito amigo e prestativo, era pra mim como um verdadeiro irmão. Jorge recebeu uma proposta para trabalhar em S.


Conteúdo sindicalizado