Suruba com a sogra bêbada

Sogra Bêbada Essa "maluquice" aconteceu há uns 8 anos com a mãe da minha namorada... Sábado à noite, saí com a minha namorada pra encontrar uns amigos num barzinho. Flavia é uma morena tipo mignon, com uma bunda linda. É comentado entre alguns que tanto ela quanto as duas irmãs "herdaram" a bunda maravilhosa da mãe, Regina. Regina tem uns 40 anos, com um corpo de dar inveja em muita garota nova por aí. Separada e vivendo da pensão do ex, é comum encontrá-la na noite, sempre bebendo e saindo com uns e outros sem compromisso. Nessa noite, cheguei com minha namorada no bar de sempre, sentamos à mesa com alguns amigos que já estavam e começamos a bater papo quando uma amiga da Flavia comentou que Regina tinha acabado de sair, sozinha e razoavelmente bêbada. Fomos até a rua e a encontramos encostada num carro visivelmente "mal". Começou uma discussão entre as duas, a filha reclamando que não aguentava mais esse tipo de coisa, essa vergonha e coisa e tal mas Regina não tinha condições de conversar muito. Sugeri que a levássemos pra casa mas Flavia disse que, se eu quisesse, que fosse sozinho pois ela ficaria me esperando e voltou pro bar. Consegui com alguma dificuldade colocar a sogra no carro e fomos pra casa dela. Regina não falava coisa com coisa, às vezes chorava. Elas moram no 3º andar de um prédio sem elevador e tive que abraçar Regina pra subir. Em alguns momentos, ela ameaçava cair e isso me obrigava à apertá-la junto ao meu corpo, o suficiente pra sentir como era gostosa aquela coroa... Assim que entramos, ela se jogou no sofá, chorando, pediu que eu ficasse mais um pouco, e disse pra que eu pegasse uma cerveja na geladeira .relutei um pouco mas ela disse que já estava em casa e que a cerveja era pra "apagar" de vez na cozinha, levei um tempo procurando um abridor e quando voltei pra sala, ela havia tirado a calça, ficando só com uma camiseta comprida.

Enquanto eu enchia os dois copos, ela levantou e colocou uma música, lenta, sensual, e começou a dançar de olhos fechados fazendo movimentos provocantes sentei no sofá e fiquei assistindo aquele "strip" e logo comecei a "ajeitar" meu pau dentro da calça, pois ele não queria nem saber se era sogra... Quando ela chegou mais perto pra pegar o copo, abriu um sorriso sacana: "Tá ficando animadinho ?" .fiquei meio sem graça..." Vem dançar com a sua sogrinha, vem " .disse isso e foi me puxando pela mão olhando bem pra mim e encostando seu corpo junto ao meu .não teve jeito abracei-a e começamos uma dança lenta, gostosa, esfregando os corpos..."E esse pau duro aqui embaixo é por mim ?" já estava no embalo mesmo então foda-se : "É Regina" e apertei mais ainda a minha sogra, levando as mãos até aquele rabo .ela foi girando o corpo e ficou de costas, roçando a bunda no meu pau e se esfregando em mim. Comecei a beijar o pescoço, passeando com as mãos pelos seios, apertando .desci uma das mãos até a buceta .quente molhada fui tirando a camiseta ela ficou só de calcinha e aquele rabo maravilhoso encostado no meu pau nisso ela vai até o sofá e sentada de frente pra mim: "Vem cá, me deixa ver esse pau "..fiquei em pé na frente dela que olhando pro meu rosto, abriu o cinto e desceu minha calça.

Como não uso cueca sob calça comprida, meu pau pulou na cara dela que, sem deixar de me olhar, colocou na boca e começou a chupar com vontade: "Então a safada da Flavia tem esse pau só pra ela duvido que ela aguente isso tudo é grosso" nisso ela me fez sentar no sofá ficou em pé .tirou a calcinha e foi se ajeitando por cima de mim..beijando minha boca, senti quando ela posicionou a buceta na cabeça do meu pau e foi descendo devagar mas sem parar .entrou tudo .que buceta gostosa ela começou a subir e descer no meu pau cada vez mais rápido...beijando minha boca...mordendo minha orelha.."Que pau gostoso mete na tua sogra...mete...fode essa puta" isso foi me deixando louco mas eu queria aquele rabo..segurei a safada pelos quadris e fui jogando ela pra cima, deixando cair..."Quero meter nesse cu"..."Ainda não tô quase gozando "...disse isso e acelerou os movimentos em cima de mim ..reparei que ela revirava os olhos e balbuciava coisas até que ela desabou em cima de mim e ficou rebolando devagar...foi estranho, mas ela parecia que ia "apagar", afinal estava bêbada.

Saí de baixo dela, deixando ela de quatro no sofá, ela parecia uma boneca, sem se mexer, sussurrando qualquer coisa, apoiada no encosto com aquela bunda empinada pra mim fiquei em pé atrás dela e comecei a bater com meu pau naquela bunda "Quer meter no cu da sogrinha..?" sem responder, coloquei na entrada do cuzinho e começava a enfiar quando ela chegou mais pra frente :"Acho melhor não..já fomos longe demais..." nisso toca o interfone entrei em pânico achando que demorei demais e que Flavia tinha voltado...hesitei um pouco e ela levantou pra atender...fiquei meio puto, meio apavorado quando ouvi ela falando: "Pode subir, tenho uma surpresa pra vc aqui em cima"...perguntei quem era e ela apenas sorriu...vesti minha calça novamente mas ela continuou nua indo até a porta quando ela abriu, entrou Marcia, uma amiga dela das noitadas, uma morena de 30 e poucos anos que também não fica devendo nada pras mais novas. Quando me viu, só de calça, e Regina nua, começou a rir dizendo que tinha atrapalhado uma "reunião de família". Regina se apressou em dizer: "Atrapalhou nada, pelo contrário, ele tava querendo comer meu rabo com esse pau grosso" "E vc não deu pra ele ?"..."Se vc visse o tamanho desse pau..."...aqui cabe um comentário: meu pau não é tão grande, mas muitas já disseram ser bastante grosso. Marcia sentou no sofá, olhou pra mim e disse: "Só vendo..."

Regina ajoelhou na minha frente, abriu minha calça novamente e mostrando meu pau pra amiga disse: "Espere até ele crescer..." e começou a me chupar eu, em pé, olhava pra Marcia que não tirava os olhos do meu pau e metia a mão por baixo do vestido: "Se vc não aguenta, vou te mostrar como dar o rabo" e foi tirando o vestido, revelando um par de seios suculentos, durinhos e veio ajoelhar ao lado de Regina disputando esfomeada meu pau. Puta que pariu !!..as duas putas estavam me levando a loucura .nisso Regina sentou no sofá, escancarou a buceta: "Vem Marcia, tô com saudades da sua boca..." Marcia largou meu pau, ficou de quatro no chão e caiu de boca na buceta da amiga que olhou pra mim.."Vc não queria um cu ?..tira a calcinha dela...quero ver se ela aquenta mesmo essa pica rabo adentro..." não precisava repetir...Marcia não tinha um rabo como o de Regina, mas tb não era de se jogar fora e toda aquela putaria...abaixei atrás dela, tirei a calcinha e comecei a brincar com a lingua .lambendo a buceta, o cuzinho escutando Marcia gemendo na buceta de Regina que estava adorando a chupada da amiga...olhando pra mim: "Vai...mete na bunda dela .mete direto no cu..vai"...Marcia deu uma rebolada na minha cara e empinou mais ainda aquela bunda dei uma última lambida no cuzinho, deixando um pouco de saliva...meu pau estava latejando e coloquei a cabeça fui forçando um pouco .estava apertado parecia que não ia caber "Ai!...devagar .é grosso mesmo "..."Cala essa boca piranha .não disse que ia me mostrar como dar o rabo...?..vai meu genro mete nessa puta .dá uns tapas nela que ela gosta ." eu já estava ficando alucinado e dei mesmo um tapa na bunda da Marcia, que gemeu com a cara enfiada na buceta da Regina e abriu mais ainda aquela bunda ."Bate de verdade essa puta gosta ." .

Regina já falava diferente .sentindo a boca da amiga na buceta nessa, segurei Marcia pelos quadris...a cabeça do meu pau já entrando e dei uma "cravada" entrou quase a metade Marcia deu um solavanco e ia falar qualquer coisa, mas Regina empurrou a cabeça dela "pra dentro" da buceta : "Me chupa...vadia..enquanto leva nesse rabo" estava mesmo apertado, quase estrangulava meu pau tirei quase até sair e meti com vontade dessa vez entrou quase tudo Marcia gemeu "Mete filho da puta agora quero esse pau no meu cu me rasga ." foi a deixa, tirei o pau todo e cravei com força vi meu pau sumir dentro daquele rabo comecei a meter gostoso tirava inteiro e cravava tudo de uma só vez Marcia rebolava sem tirar a cara da buceta da Regina que estava gozando segurando os cabelos da Marcia e olhando pra mim com uma cara de safada que só aumentava meu tesão ..continuava metendo no rabo da Marcia que começou a jogar a bunda pra trás fazendo meu pau entrar inteiro...comecei a dar uns tapas naquela bunda.."Olha Regina...olha a tua amiga levar no rabo que pau gostoso...me arromba filho da puta " .senti que ia gozar, acelerei a metida naquele rabo apertando com força aquela bunda "Aqui seu puto goza na cara da tua sogrinha .quero sentir o gosto dessa pôrra ."...tirei do cu da Marcia, ajoelhei no sofá e coloquei meu pau na cara da Regina que engoliu na hora não demorou nada e enchi a boca com uma gozada que há muito não tinha .

Marcia subiu por sobre Regina e colocou o rosto perto do meu pau..."Também quero ..." as duas ficaram se lambuzando com a minha porra chupando, lambendo, beijaram-se esfregando meu pau entre as bocas.Sentei no sofá ao lado delas, peguei um copo da cerveja que já não estava tão gelada e fiquei olhando as duas se esfregando, Marcia por cima de Regina...elas não paravam...aquela cena era demais .meu pau começou a dar sinais de vida novamente e eu ainda queria o rabo da minha sogra Regina reclamou da cerveja e foi à cozinha pegar outra Marcia ficou esparramada no sofá as pernas abertas "Vc quer meter no rabo dela né ?...vem cá bota na minha boca .quero ele duro de novo..." e começou a chupar gostoso quando Regina voltou..."Nossa ! vc gostou mesmo desse pau..." Marcia olhou pra ela :"Gostei mesmo...queria um genro desse em casa e vc não quis dar esse rabo agora vem vagabunda é a sua vez de me chupar vem" e abriu as pernas oferecendo a buceta enquanto ainda me chupava Caralho !..eu sentado no sofá, Marcia com meu pau na boca e Regina alisando o corpo da amiga..com os dedos na buceta dela e olhando pra mim rindo "Vc tá só esperando eu ficar de quatro né safado?" e meteu a cara na buceta da Marcia com aquela bunda pro alto...levantei do sofá e a cena se repetia, agora era Regina que chupava Marcia e aquele rabo ficou à minha disposição...novamente fiquei de joelhos e meti na buceta da Regina ela tava encharcada sabia que dessa vez não tinha jeito "Isso Regina .chupa minha buceta agora vai ser enrrabada pelo teu genro vai sentir como é grosso..." não esperei nada..tirei da buceta e coloquei no cu...entrou mais fácil do que no rabo da amiga também, aquele rabo era maravilhoso, imaginei quantas vezes já tinha levado pica cravei tudo Regina reclamou de dor..."Caralho!!..que pau grosso...adoro dar a bunda...mas esse pau é demais .tá me arrombando aiiiii" e começou a rebolar aquele rabo enorme .fiquei tarado: "Regina, vou meter nesse rabo até sangrar " metia com vontade..ela tirou a boca da buceta da amiga, olhou pra trás e pediu pra parar, que não estava aguentando.."Foda-se vagabunda vou gozar nesse cu" e metia cada vez mais forte .

Regina começou a gritar..."Filho da Puta!..tira...tiiira...tiiraaaa!" comecei a puxá-la pelos cabelos...metendo como animal...quanto mais ela gritava, mais eu cravava naquele cu...ela começou a soluçar.."Ai meu cu...ai meu cu...Marcia assistia a cena se masturbando: "Mete no rabo dela ela tá gostando " nisso deu um tapa na cara da amiga.."Eu sei do que vc gosta piranha.." Regina gritava e rebolava cada vez mais no meu pau : "Seus filhos da puta !..vou gozar levando no rabo ..aiiii me fode fode a tua sogra...fode a tua puta" aquilo tudo tava me deixando descontrolado, comecei a bater na bunda dela, meu pau já entrava e saia com mais facilidade, o cuzinho da safada tava se alargando com as estocadas e a visão daquela bunda era alucinante ia gozar de novo me dobrei por cima dela...abracei pelo tronco e cravei com toda a força, gozando como um louco naquele rabo ainda fiquei engatado por uns instantes e senti Regina contraindo o cu com força .gemendo: "Tô gozando filho da puta .gozando pelo cu .aiiiiii" quando ela relaxou o corpo, saí de dentro dela e sentei no chão, saciado..cansado .quando toca meu celular era Flavia :"Tá demorando muito tudo bem?"...me senti um canalha "Tudo bem...sua mãe tá melhorando...esperei um pouco até ela ficar bem .já chego aí ok..?" desliguei, dei um gole na cerveja e comecei a me vestir as duas estavam abraçadas no sofá

Marcia sorriu : "Vai gostoso, vai senão a tua namoradinha pode desconfiar...deixa que eu cuido dessa safada" Regina estava "desmaiada" no sofá e nem viu quando fui embora.

 

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.

ver videos comendo o cu da sogra

seria possive eu ver este video e tambebem quero saber como faser uma assinatura

Comendo Cú de Sogra.

Olha Maite Schneider, se você era a sogra. Pode crer que é tudo verdade. Com essa carinha e com o curriculo da foto. Viver sem medo, até de perder a vida. As gatas que gostarem de dar o cuzinho podem adicionar o mail no Hotmail comedordecuzinhos@hotmail.com , seja para bate papo, sacanage mna camera ou até quem saber me dar o cuzinho. Sou muito carinhoso e como disse a Clair, vou com carinho. Até as que dizem que não gostam vão dar de novo. Agora comer a sogra . . . . A minah é bem vagabunda. Mas sei não

Sexo anal (prá variar)

Pôxa cara, sexo c/sogra e dose pra mamute não? Caramba quem me conhece sabe que adoro sexo (principalmente anal) que transo todas, mas com sogra ou sogro...sei lá...meio esquisito não? Gosto muito, adoro sexo anal e faço todos os dias rsrsrsr. Minhas colegas (q,tmb fazem) ñ entendem como consigo porque ela facilmente ficam com os cus como se estivessem cortados. Mas já me acostumei, sei como fazer e como extrair dessa prática o máximo prazer possível. Há alguma mulheres que ñ gostam de dar o cu (ou pelo menos dizem) mas conheço um monte de casadas como eu que adoooram e muitas até fazem fora de casa porque os maridos são, digamos, fracos de cama. Na minha opinião para uma homen comer o cu de uma mulher, ele tem de consquista-la no sentido sexual da palavra. Ser carinhoso, atencioso, gentil saber se comportar, e principalmente ser um expert na cama e nas preliminares. Adoro ser bem chupada, uma língua bem em cima de meu clitóris, dedinhos no cu, língua tmb lá, e por aí vai não? 0 meu marido é justamente o contrário disso tudo, dai....Palavras de CLair. De Clair Roswell.

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
5 + 1 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4