Um swing gostoso com um casal de amigos

Bom dia caros leitores, meu nome é Jony, tenho 32 anos, minha esposa é a Shirley, 30 anos, somos realmente casados há 10 anos, temos uma convivência ótima e liberal, gostamos muito de sexo e de realizar fantasias, já realizamos várias, ela adora tranzar na minha frente e eu adoro assistir, dependendo do momento até posso participar mais prefiro mesmo é ver ela dando a buceta pra outro. Estou aqui para contar mais uma que aconteceu conosco há alguns meses atráz. Temos uma amizade colorida e liberal com um casal, joão e Flávia, ambos 30 anos, casados e assim como nós liberais, gostam de swing, menage e tudo mais, nos conhecemos em uma festa, fizemos amizades, fomos aos poucos aprofundando nossas conversas, adquirindo confiança e em poucos meses, nós quatro, já falavamos de sexo e de fantasias abertamente, tinha-mos gostos e vontades parecidos e isso foi fundamental para realizarmos algumas fantasias.

 

Vou contar uma delas. Alugamos por dois dias uma casa de campo, com piscina, sala de jogos, três quartos e em um dia de domingo convidamos o casal João e Flávia para passar o dia com agente, quando conversei com o João disse a ele que essa seria a oportunidade de nós colocarmos em prática tudo aquilo que fantasiamos pois entre os dois casais nunca havia acontecido nada, combinamos que só estaria nós quatro em casa, que tomaríamos umas cervejinhas e naturalmente faríamos sexo o dia todo principalmente swing no mesmo ambiente ou não. No domingo de manhã, já estavámos na casa eu e minha esposa quando um carro buzinava no portão, quando fomos ver era o João, ele estava sozinho, abrimos o portão e ele entrou, desembarcou, nos comprimentamos e perguntamos pela sua esposa, a Flávia, ele respondeu que o patrão dela havia ligado na noite anterior e havia pedido a Flávia para ela ir fazer umas horas extras no trabalho, que a Flávia só chegaría até nós após o meio-dia, pois bém, estando só nós três, por enquanto, eu, a Shirley e o João, resolvemos mostrar toda a casa a ele, o quarto onde eles iríam ficar hospedados, a piscina e em seguida resolvemos tomar banho, João foi pro seu quarto e nós para o nosso, enquanto tomavámos banho, eu e minha mulher começamos a falar de putaria e eu perguntei pra ela se ela queria tranzar com o João na minha frente enquanto estavámos só nós três naquela casa, ela respondeu que sim, que há muito tempo tinha vontade de tranzar com ele, ouvindo isso, tratamos logo de armar o nosso plano, combinamos que após o banho ela fosse pro quarto e ficasse lá esperando e que eu e o João iríamos para a sala de jogos, tudo combinado, assim fizemos, a Shirley estava no quarto e eu e o João na sala de jogos, começamos a jogar uma partida de ping-pong, o jogo estava acirrado, jogavámos e falavámos putaria ao mesmo tempo, a partida estava empate quando chamei o João para fazer uma aposta no último ponto, quem ganhasse podería pedir o que quisesse em termo de sexo, acordo feito, fomos pro jogo e eu ganhei no último ponto, joão ficou um pouco sem jeito e me perguntou qual era o pagamento que ele devería me pagar por ter perdido a partida de ping-pong, eu respondi,...... João já que estamos só nós três aqui e vinhe-mos pra cá pra fazer sexo, eu quero ver você tranzando com minha mulher depois eu participo, ele concordou na hora e perguntou pela minha mulher, eu disse a ele que ela estava no quarto esperando por ele, que ele fosse até lá e tranzasse com ela que eu ficaría escondido, assistindo a tudo por uma janela e que depois de um certo tempo, ele e minha mulher fossem para a sala, que eu estaría lá esperando os dois, para tranzarmos nós três juntos, João já estava de pau duro, ele abriu o ziper da calça, colocou o pau pra fora e foi em direção ao quarto da Shirley, eu fui atráz e fiquei escondidinho atráz da janela, joão entrou no quarto com o pau duro do lado de fora, a Shirley estava sentada na cama, somente de calcinha e sutiã, ele se aproximou dela e disse;... Seu marido me mandou vir até aqui saber se você estar precisando de algo, em seguida a Shirley perguntou;.... Onde estar meu marido ? O João respondeu;...

Ele estar lá na sala de castigo pois perdeu uma partida de ping-pong pra mim e o pagamento é ele ficar lá até que eu e você resolva ir pra perto dele, ela logo entendeu tudo, ele de pau duro na sua frente e ela sentada na cama só de calcinha e sutiã, o resultado não foi outro, ela pegou no pau dele e começou a punhetar, em seguida ela segurou ele pela cintura, abriu a sua boca ao máximo e engoliu aquela rola, chupando com vontade, passava a língua em volta da cabeça, lambia as bolas depois engolia tudo que podia ficando somente as bolas do lado de fora, ele delirava de tezão com a chupeta que ela fazia, depois disso, ela se pocisionou de quatro em cima da cama, ele retirou a camisa e se pocisionou por tráz dela, puxou sua calcinha pro lado, pegou seu pau, colocou na entrada da buceta da minha mulher e começou a enfiar até entrar tudo, depois começou a meter, eu assistia a tudo por tráz da janela, batendo um deliciosa punheta, o tezão entre os dois estava alto, eles gemiam sem parar, João metia na buceta da minha mulher e dizia;....Que buceta apertada e gostosa você tem Shirley, vou enfiar meu pau todinho dentro dela, João metia forte, de onde eu estava dava pra escutar o barulho do pau dele entrando na buceta da minha mulher, depois de alguns minutos, João convidou minha mulher para ir até a sala, onde eu supostamente estava, para tranzar-mos nós três juntos, quando ouvi isso, corri pra sala e fiquei esparando os dois, em poucos segundos eles chegaram, eu estava em pé, de pau duro, próximo a mesa de ping-pong, a Shirley veio em minha direção, se ajoelhou nos meus pés e começou a chupar meu pau, João se ajoelhou por tráz dela e meteu dois dedos em sua buceta enquanto ela me chupava, depois disso, João também ficou de pé e deu seu pau pra ela chupar, a Shirley se reversava chupando nós dois, de vez enquanto ela colocava os dois paus dentro da boca, depois punhetava um e chupava o outro, não demorou muito e eu peguei ela pelas pernas e suspendi ela do chão, colocando-a contra o meu corpo, abri suas pernas, puxei sua calcinha de lado e meti tudo na sua buceta, João ficou em pé, do lado, batendo uma punheta, depois disso, eu me sentei em uma cadeira, a Shirley veio, se ajoelhou no chão, de quatro, entre minhas pernas,pegou meu pau e começou a chupar, João vendo isso, se ajoelhou no chão por tráz dela, pegou seu pau, afastou a calcinha dela pro lado e meteu na sua buceta, estava uma delícia, ela me chupava e dava a buceta pro João ao mesmo tempo, ficamos nessa por alguns minutos até que resolvemos mudar de pocisão, eu deitei no chão e ela foi pra cima de mim, encaixou meu pau na sua buceta e começou a cavalgar, pulando em cima de mim, João se sentou na cadeira ao lado e ficou nos observando, batendo uma punheta, a Shirley se enclinou um pouco e começou a chupar o pau do João enquanto eu metia na sua buceta, eu segurava minha mulher pela bunda e metia tudo e ela não tirava o pau dele da boca, chupando tudo, depois de alguns minutos nessa, João não se conteve, ele se levantou, empilhou cinco almofadas grandes uma em cima da outra, pegou minha mulher e deitou ela de pernas abertas em cima das almofadas, tirou sua calcinha, se ajoelhou entre suas pernas e meteu seu pau na buceta dela, ela delirava de tezão pois ele enfiava tudo de uma só vez, deixando somente as bolas do lado de fora, eu me sentei do lado e fiquei batendo uma punheta, assistindo o João metendo na minha mulher, João metia forte, a Shirley começou a delirar de tezão e a falar putaria, dizendo;.....Me come João, mete esse pau todinho dentro de mim, arromba minha buceta na frente desse corno,ele adora ver a puta dele dando pra outro, João ouvindo isso começou a meter forte, enfiando tudo, parecia que ele ia entrar pra dentro da buceta dela, eu quase gozava nesse momento batendo uma punheta, enquanto ele metia, ela acariciava sua buceta se masturbando, não demorou muito e ela gozou pela primeira vez no pau dele, em seguida ele saiu e eu fui ocupar o lugar dele, me ajoelhei entre as pernas da minha mulher e meti na sua buceta, eu e João ficavamos nos reversando, ele metia um pouco depois eu, ficamos nessa por alguns minutos, metendo na buceta dela até que resolvemos mudar de posição, eu me deitei no chão, ela veio pra cima de mim e sentou no meu pau, de pernas abertas e de costas pra mim, segurei ela pela cintura e forcei seu corpo contra ao meu, fazendo com que meu pau entrasse e saísse da sua buceta, João se apróximou, tirou o sutiã da minha mulher e começou a chupar seus seios, nesse momento ela começou a gemer forte, seu corpo começou a se contrair e ela gozou pela segunda vez, com meu pau dentro da sua buceta, João ficou de pé e deu seu pau pra ela chupar, ela chupava ele e dava a buceta pra mim, estava muito gostoso, depois disso, eu sai debaixo dela, João pediu pra Shirley ficar de quatro no chão, com bunda bém empinada, ele se agachou um pouco e meteu na buceta dela na pocisão de cachorrinho, nessa pocisão, o pau dele entrava todinho dentro da buceta dela, ele puchava ela pelos cabelos e metia forte na sua buceta, ela gemia de tezão dizendo;......

Que pau gostoso você tem João, enfia tudo dentro da minha buceta e me come gostoso,ahahahhahahah, eu assistia a tudo batendo um punheta, João continuou metendo forte e anunciou que iría gozar, depois de alguns segundos, ele retirou o pau da buceta dela e ficou em pé na sua frente, ela se ajoelhou, pegou o pau dele e começou a punhetar, quando ela sentiu que ele estava prestes a gozar, ela colocou somente a cabeça do pau dele na sua boca, com uma das mãos acariciava seus testículos e com a outra punhetava seu pau levemente, não demorou muito e ele gozou na boca dela e como gozou, era tanto esperma que a boca dela não coube tudo, escorria pelos cantos, caíndo em cima dos seios, ela chegou a se engasgar com tanto esperma, depois disso, ele disse que iría ao banheiro tomar banho e se vestir para esperar a sua esposa, em seguida eu pedi a minha mulher que se deitasse no chão de pernas abertas pois era a nossa vez de gozar, ela se deitou no chão e eu fui pra cima dela, abri suas pernas e meti meu pau na sua buceta, ela gemia e dizia pra mim;.... Amor, você é o melhor marido do mundo, mete na minha buceta e goza junto comigo, vai !!! Em seguida ela pegou no meu rosto e me deu um demorado beijo na boca passando pra mim todo o esperma que o João havía gozado na sua boca, ela me fez engolir tudo dizendo;.... O esperma dele não é uma delícia amor ? Engole tudo amor e prova o gosto do esperma do macho que comeu sua mulher, depois que ouvi isso o tezão foi a mil e nós acabamos gozando juntos, em seguida fomos tomar banho, nos vestir e esperar a Flávia, esposa do João.

Depois de feito tudo isso, ficamos nós três na sala, ouvindo música, tomando umas cervejinhas e comendo alguns petiscos, lá pelas 13:00 hs a esposa do João chegou, nos comprimentamos, em seguida Flávia foi tomar banho e depois se juntou a nós, já era quase 18:00 hs, entre umas cervejas e outras começamos a dançar, eu com a Shirley e joão com a Flávia, notei que enquanto eles dançavam, eles conversavam baixinho no ouvido, não demorou muito e eles começaram a se beijar e a se tocar por cima da roupa, o clima foi esquentando, joão deitou a Flávia no sofá e se sentou no chão, entre as suas pernas, tirou a saía e a calcinha da sua mulher e começou a chupar sua buceta, eu me sentei no outro sofá, botei o pau pra fora e comecei a bater uma punheta, a Shirley, minha mulher, tirou sua roupa ficando somente de calcinha e sutiã, sentou no outro sofá e começou a tocar sua buceta vendo João chupando a buceta da sua mulher, Flávia era uma loira alta e bonita, notei que ela não tirava o olho de mim enquanto João chupava sua buceta, então resolvi mim aproximar deles dois, ela não tirava o olho do meu pau, pedi licensa ao João, peguei na mão da Flávia, sua mulher e puxei ela em direção do outro sofá, em pé mesmo eu agarrei ela por tráz e fiquei acariciando seus seios e sua buceta, joão foi em direção do outro sofá onde estava a Shirley, minha mulher, quando olhei pro lado vi a Shirley de quatro em cima do sofá e o João ajoelhado no chão chupando sua buceta, em seguida, ele retirou a saía e a calcinha da minha mulher, retirou sua camisa, abriu o ziper da sua calça, colocou seu pau duro pra fora e colocou na entrada da buceta da minha mulher e foi enfiando devagarinho, quando entrou tudo ele começou a meter na buceta dela, ela de quatro em cima do sofá e ele em pé metendo na sua buceta, eu fiz o mesmo, coloquei a Flávia de quatro em cima do sofá, me ajoelhei no chão e comecei a chupar sua buceta e seu cuzinho também, a Flávia delirava de tezão com as minhas chupadas e assistindo seu marido joão metendo na Shirley, minha mulher, no outro sofá, depois disso, João se sentou no sofá, a Shirley sentou no chão, entre suas pernas e começou a chupar o pau dele, ela segurava o pau pelas bolas e tentava engolir tudo, ela chupava com vontade, eu continuava a chupar a boceta da Flávia até que ela perguntou se meu pau estava duro, eu respondi que sim, ela em seguida se ajoelhou na minha frente, abriu minha calça, retirou meu pau pra fora e começou a chupar, segurava ele com as duas mãos e punhetava chupando a cabeça, ela chupava muito gostoso, enquanto isso, olhei para o outro sofá e vi a Shirley sentada no colo do João, de frente pra ele, cavalgando no seu pau, ela subia e descia com vontade, pulando em cima da rola dele, João segurava ela pela bunda passando um dedo no seu cuzinho e metendo na sua buceta, Flávia ainda continuava me chupando e ao mesmo tempo acariciava sua buceta, em seguida, ela retirou toda a sua roupa e ficou de quatro em cima do sofá, eu fiz o mesmo, retirei minha roupa e em pé mesmo coloquei meu pau na buceta da Flávia e enfiei tudo de uma vez só, ela deu um grito e começou a gemer, eu metia na buceta da Flávia e assistia o João metendo na Shirley, minha mulher,derrepente a Shirley muda de pocisão, parecia que ela queria ver eu metendo na Flávia, ela continuava sentada no pau do João mais dessa vez de costas pra ele e de frente pra mim e flávia, ela de pernas abertas subia e descia no pau de João e ao mesmo tempo acariciava sua buceta, depois disso, eu me sentei no sofá, a Flávia veio e se sentou no meu colo, de frente pra mim, encaixou meu pau na sua buceta e começou a cavalgar pulando em cima de mim, ela descia tão forte que meu pau entrava todo dentro da sua buceta, eu segurava ela pela bunda para ajudar nos movimentos, derrepente tivemos uma surpresa, a Shirley se aproximou de nós e começou a acariciar minhas bolas, olhei pro lado e vi que o joão estava sozinho no outro sofá, perguntei pra Shirley o que tinha acontecido e ela me respondeu que queria trepar um pouco comigo, nesse instante, a Flávia saiu de cima de mim e foi em direção do seu marido João, a Shirley se abaixou e chupou meu pau por alguns minutos, em seguida, ela veio pra cima de mim, sentou no meu colo e começou a cavalgar na minha rola, olhei pro lado e vi que o João e a Flávia faziam o mesmo, na casa só se ouvia os gemidos da gente, aquela foda tava muito gostosa, em seguida, deitei a Shirley no sofá, abri suas pernas e meti meu pau na sua buceta, a medida que eu ía metendo ela acariciava sua buceta olhando meu pau entrando e saíndo, olhei pro lado e vi que o João e flávia mudaram de pocisão, ela estava de quatro em cima do sofá e ele por tráz dela, metendo na sua buceta até que ela olhou para o seu marido e disse;.... João, quero que agora você meta seu pau no meu cuzinho, tá ?

Devagazinho, com carinho pra não doer, logo em seguida, João retirou o pau da buceta da sua mulher e colocou na entrada do seu cuzinho e foi enfiando lentamente, em poucos seguntos já estava tudo dentro do cú dela, ela parecia gostar pois gemia igual a uma cadela, eu e a Shirley cotinuavamos trepando e assistindo o João comendo o cú da Flávia, de tanto olhar ele comendo o cuzinho da sua mulher me deu uma vontade enorme de comer o cú dela também, sai de cima da Shirley, minha mulher e fui em direção do joão e da Flávia, me aproximei dos dois e pedi ao João para eu comer o cú da sua mulher, ele me respondeu que sim , que eu ficasse a vontade e saiu de perto de nós, eu coloquei a Flávia, mulher do João, de quatro em cima do sofá e em pé mesmo comecei a enfiar meu pau no cuzinho dela, quando a cabeça entrou ela pediu pra eu parar pois meu pau era muito grosso e ela não ía aguentar, eu pedi calma a ela e fui metendo devagarinho acariciando sua buceta, em poucos minutos ela mesma jogava sua bunda para tráz fazendo com que meu pau entrasse todinho dentro do seu cuzinho, olhei pro lado e tive outra surpressa, a Shirley se aproximou de nós e ficou de quatro em cima do sofá, ao lado da Flávia, João veio por tráz e meteu na buceta da minha mulher, ficamos os quatro trepando, um ao lado do outro, o tezão era tão grande, que a shirley começou a chupar os seios da Flávia enquanto elas davam pra nós, em seguida, Flávia pegou no rosto da minha mulher e elas começaram a se beijar, eu e o João vendo aquilo tudo começamos a meter forte nelas duas, joão percebeu que eu metia no cuzinho da flávia, sua mulher, então ele resolveu fazer o mesmo com a Shirley, joão retirou o pau da buceta da minha mulher e meteu no seu cuzinho, como o pau dele não era muito grande e grosso, entrou fácil e rápido no cuzinho da minha mulher, agora sim, elas duas davam o cuzinho para nós dois e começaram a falar putaria, a Flávia olhava pra mim e dizia;...Jony, mete esse pauzão no meu cuzinho e me come gostoso, sua rola é uma delícia, arromba meu cuzinho, A Shirley olhava pro João e dizia;...João, que rola gostosa você tem, enfia ela todinha dentro do meu cuzinho, me abre ao meio e me fode, tava gostoso demais aquela tranza, depois disso, joão falou que a sua esposa queria fazer uma dupla penetração, pois bém, eu me deitei no sofá e a Flávia veio por cima de mim, colocou meu pau na sua buceta e começamos a trepar, João veio por tráz dela e enfiou seu pau no cuzinho da sua mulher, pronto, estava feito a DP, eu metia na buceta e João no cú da Flávia, a Shirley que assistia a tudo, se aproximou de nós e deu seus seios para Flávia chupar, eu não acreditava que aquilo tudo estava acontecendo, estava uma delícia, de vez enquanto, a Shirley e a Flávia trocavam beijos de língua na nossa frente, depois disso, resolvemos mudar de posição, deitamos as duas no sofá uma ao lado da outra, eu abri e levantei as pernas de Flávia e meti na sua buceta, joão fez o mesmo com a Shirley, elas gemiam sem parar e se beijavam loucamente, elas disseram para nós que já haviam gozado várias vezes sem que agente percebesse, depois disso, eu e o João resolvemos voltar para nossas parceiras, eu fui meter na buceta da Shirley, minha mulher e o joão foi meter na buceta da Flávia, nós metiamos forte, sem parar e elas duas começaram a pedir esperma, pedir para agente gozar, o resultado não foi outro, aceleramos as estocadas e gozamos, joão retirou o pau da buceta da sua mulher e gozou na boca dela, enchendo sua boca de esperma, eu fiz o mesmo, retirei o pau da buceta da Shirley e gozei em sua boca, a gozada foi ótima, em seguida, a pedido nosso e com as bocas cheia de esperma, Flávia e Shirley trocaram um demorado beijo de língua, passando uma pra outra o esperma que haviam em suas bocas, depois disso, cada um foi pro seu quarto tomar banho e se vestir. No outro dia rolou mais sexo mais essa história eu conto depois. Foi uma experiência muito gostosa.

Até a próxima !

Opções de exibição de comentários

Escolha seu modo de exibição preferido e clique em "Salvar configurações" para ativar.

sexo

estou doida pra realizar tbm,mas nao conheso ninguem que fasa isso

"Adorei a sua aventura,

"Adorei a sua aventura, sonho em realizar uma igual.........."

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Linhas e parágrafos quebram automaticamente.

Mais informações sobre opções de formatação

ANTISPAM
Usamos este sistema para evitar spam dentro do Casa da Maite.
3 + 3 =
Resolva a simples operação matemática de soma acima e coloque o resultado. Por exemplo 1+ 3, digite 4