Minha mulher foi comida no meu carro

  • warning: Missing argument 3 for translation_form_alter(), called in /home/maite/public_html/includes/form.inc on line 365 and defined in /home/maite/public_html/modules/translation/translation.module on line 99.
  • warning: Missing argument 3 for translation_form_alter(), called in /home/maite/public_html/includes/form.inc on line 365 and defined in /home/maite/public_html/modules/translation/translation.module on line 99.
  • warning: Missing argument 2 for syslog_help() in /home/maite/public_html/modules/syslog/syslog.module on line 19.
  • warning: Missing argument 2 for translation_help() in /home/maite/public_html/modules/translation/translation.module on line 31.

Bom estou aqui mais uma vez pra relatar mais uma aventura que aconteceu comigo e minha esposa. Somos casados há dez anos, meu nome é Jony e ela é a Shirley, ambos na faixa dos trinta anos, ela muito safada, adora me cornear. Um certo dia estavámos em um sítio com vários casais e amigos, Lá conhecemos o Jackson, um rapaz de 18 anos, que estava ali a convite de um casal amigo da gente, pois bém, fiquei por ali tomando umas e outras e a minha esposa se bronseando na beira do açude, ela usava um biquine fio dental onde dava pra ver toda a sua bunda, notei que o Jackson não tirava o olho dela e para provocá-lo peguei o bronzeador e fui passar na minha mulher, ele se aproximou e sentou por tráz da gente, um pouco afastado, fiz de contas que não estava vendo ele, continuei passando bronzeador na Shirleu e comecei a provocar ela, dizendo que ela era muito gostosa, que eu já estava de pau duro, que queria comer ela ali mesmo, a medida que eu ia passando o bronzeador aproveitava e tocava sua buceta com meus dedos e a Shirley foi se exitando e logo dizendo;....

Amor pare com isso se não vou querer sua rola aqui mesmo. Eu respondi;.... Se você quiser eu posso te dar minha rola aqui mesmo, é só agente se afastar um pouco do pessoal para que ninguém nos veja, ela topou, peguei na sua mão e fomos pro outro lado do açude, em uma área isolada, enquanto caminhavámos olhei para tráz e vi que o Jackson nos seguia, aproveitei e falei dele para minha mulher, disse a ela que o Jackson estava de pau duro olhando ela se bronzear e que ele deveria estar morrendo de vontade de comer ela, nesse momento a Shirley olhou pra tráz e viu o Jackson, disse que ele era bonito e gostoso e me perguntou o que agente iria fazer com ele, eu respondi que a princípio deixasse ele ver agente tranzando e que depois eu pensaria em algum plano. Chegamos do outro lado do açude e sentamos em uma pedra, olhei em volta e pude perceber que o Jackson nos olhava, escondido por tráz das árvores, falei pra minha mulher, combinamos de exitar ele ao máximo e começamos a tirar nossas roupas, me abaixei e comecei chupando seus seios e depois sua buceta depois foi a vez dela cair de boca no meu pau, ela estava com muito tezão e sabendo que estava sendo observada, a Shirley chupava minha pica com vontade, engolia tudo, aquela chupeta estava tão gostosa que não resisti e acabei gozando na boca da Shirley que em minutos ficou brava comigo, ela olhou pra mim e disse em voz alta;... Não era pra você gozar agora, seu pau vai amolecer, olha como eu estou, eu quero uma rola grande e grossa agora dentro da minha buceta, eu pedi a ela pra ter calma e que me desse um tempo para eu repor as energias, que nós dois deveríamos voltar naquele momento para próximos dos outros e que quando nós chegassemos em casa, nós tranzaríamos bém gostoso, ela olhou pra mim um pouco chateada e disse;...

Tudo bém mas hoje você merecia um par chifre, merecia ser corno, vou tranzar com o primeiro que eu encontrar pela frente, seu corno. Eu nada disse mas notei que o Jackson ouviu tudo que ela disse, nos vestimos e voltamos para próximo dos outros, logo em seguida o Jackson veio atráz, ele se aproximou de mim e começamos a conversar e a tomar umas cervejas, nos tornamos amigos e parecia que agente se conhecia a muitos tempos, a Shirley percebendo nossa amizade veio se bronzear em uma cadeira próximo de nós, há uns dez metros de distância, sentou-se de pernas abertas de frente para nós, era impossível disfasar, eu e o Jackson estavámos de pau duro, ele começou a elogiar minha mulher dizendo que ela era muito bonita, jovem etc. Eu e o Jackson continuamos a beber cerveja e ficamos um pouco altos, começamos a falar de putaria e sexo abertamente, em dado momento começamos a debater sobre o tamanho do nossos paus, ele dizia que eu pau dele era maior do que o meu e eu dizia que não era, nós dois bebiámos e olhavamos pra Shirley se bronzeando de pernas abertas naquela cadeira, era impossível não ficar de pau duro, quando fomos ao banheiro, mijamos de pau duro, o Jackson tocou no assunto novamente dizendo;... Olha aqui Jony, veja como meu pau é maior do que o seu, quando olhei pude ver que o pau dele era enorme, eu já estava muito exitado e então respondi;.... Nossa opinião não vale, se a minha mulher pudesse ver nós dois de pau duro ela diria quem tinha o pau maior, ele não perdeu tempo e aproveitou a brexa que eu dei dizendo;... Se vocês não ficarem chateados, nós poderíamos sair daqui nós três juntos, eu, você e sua mulher, iríamos para um local seguro, ficaríamos de pau duro pra ela ver qual era o maior, eu respondi;.... Do jeito que ela estar hoje, se ela ver sua rola dura desse jeito vai querer cair em cima dela com tudo, ele respondeu;... Não tem problema, se você me permitir eu posso dar minha rola a sua mulher com maior prazer. Depois disso nós voltamos para onde estavámos e eu fui falar com a Shirley, disse a ela que havia conversado com o Jackson, que a rola dele era enorme e que ele estava louco pra comer ela, a Shirley pegou na minha mão e me chamou pra ir até o Jackson, que queria conhecê-lo, apresentei o Jackson a Shirley, conversamos um pouco e resolvemos ir para nossa casa, enquanto a Shirley foi pegar nossas coisas eu tratei de conversar com o Jackson sobre alguns detalhes, sobre sigilo absoluto, preservativo etc. Antes de entrar no nosso carro a Shirley me chamou para ir até o banheiro com ela, lá dentro ela olhou pra mim e disse;... Amor olha como estou, a minha buceta estar toda molhada, quero que aquele macho me coma gostoso, não sei se vou aguentar esperar chegar em casa, tá ? Eu respondi;... Tudo bém amor, não se preocupe. Chamamos o Jackson, entramos nós três no nosso carro, eu e a Shirley na nos bancos da frente e o Jackson no banco de tráz e rumamos para a nossa casa. No caminho pude perceber que a Shirley colocava a mão sobre sua buceta várias vezes, ela estava muito exitada, peguei uma das mãos dela e coloquei sobre o meu pau que estava duro feito pedra, ela abriu meu short, colocou meu pau pra fora e começou a me punhetar, o Jackson vendo tudo isso, colocou seu pau pra fora e começou a bater uma punheta, a Shirley quando viu o tamanho do pau do Jackson não resistiu, olhou pra e disse;.... Amor não aguento mais, pare o carro dentro dos matos, quero a rola dele aqui mesmo, dentro de mim, dirigi mais um pouco e avistei uma estrada de terra, estava deserta, não tinha ninguém transitando por ela, estacionei o carro debaixo de uma grande arvore, desci do carro e abri as duas portas da lateral direita, puxei uma pedra para perto do carro e sentei nela, olhei pra minha mulher e disse;... Pronto amor, ele é todo seu, pode fazer o que você quiser, ela respondeu;...

Obrigada amor, você é o melhor marido do mundo, em seguida ela desceu do carro e sentou no banco do motorista, Jackson desceu também do carro, veio até ela, se ajoelhou na sua frente e começou a beijar ela na boca, em seguida retirou sua blusa e começou a chupar seus seios, ao mesmo tempo eles iam tirando suas roupas e em poucos instantes eles já estavam completamente nús, ele que até então chupava os seios da minha mulher, se abaixou mais um pouco e começou a chupar a buceta dela, metia a língua lá dentro, ela segurava ele pelos cabelos e precionava forte o rosto dele contra sua buceta, ele alternava e chupava a buceta e o cuzinho ao mesmo tempo, ela não resistiu mais e gozou a primeira vez na cara dele, depois disso ele ficou de pé na frente dela e ofereceu seu pau pra ela chupar, a Shirley não perdeu tempo e caíu de boca na rola dele que era enorme, ela abria sua boca ao máximo para aquela rolona entrar, ela chupava com gosto, de vez enquanto ela tirava a rola dele da sua boca e passava no piquinho dos seios, passava no seu rosto, metia sua língua no buraquinho da rola dele e em seguida engolia tudo, eu assistia a tudo batendo uma deliciosa punheta, ela chupava ele, olhava pra mim e dizia;....

Amor olha o tamanho dessa rola, olha como ela é grande e grossa, é uma delicia, quero ela todinha dentro de mim, em seguida Jackson foi até sua bolsa pegar uma camisinha, eu aproveitei esse momento e dei uma chupada na buceta da minha mulher, ela pegou meu rosto, me deu um beijo de língua e disse;... Eu estava até agora chupando a rola dele, me beija e sente o gosto da rola dele na minha boca, não é uma delícia ? Em seguida me afastei e o Jackson chegou com seu pau duro vestido em uma camisinha, a minha mulher estava sentada no banco do motorista, ele se aproximou, abriu suas pernas e meteu aquela rola enorme dentro da buceta dela, ele gemia de prazer e dizia;.... Me come meu macho, enfia essa rola todinha dentro de mim, arrromba minha buceta na frente desse corno, ele adora ver a mulher dele dando pra outro, em seguida ele saiu de cima dela, ela se virou e ficou de quatro em cima do banco, ele veio por tráz, abriu a bunda dela e enfiou seu pau todinho na buceta, era muito gostoso ver ela dando a buceta pra ele, ela gemia gritanto quando ele enfiava tudo;... Ahhh, me come Jackson, mete todinho de uma vez dentro de mim, a sua rola é muito gostosa, em seguida eles resolveram mudar de posição, ela saiu de dentro carro e se escorou no mesmo, em pé de costas pra ele e empinou sua bundinha, ele em pé mesmo veio por tráz dela e meteu na sua buceta segurando ela pelos seios, ficaram nessa posição por alguns minutos, depois disso, eles foram para a frente do carro, ele deitou ela em cima do capu do carro, abriu suas pernas e perguntou;... Shirley eu posso comer seu cuzinho ? Ela respondeu;... Pode sim mais coma com bastante carinho para não doer e me machucar, eu fui até o carro, peguei um gel lubrificante e dei para ele passar no cuzinho dela, depois de feito isso, ele começou a meter sua rola no cuzinho dela, foi metendo lentamente até que a cabeça da rola entrou, ele ficou comendo o cú dela enfiando só a cabeça da rola pra ela ir se acostumando, ela sentia um pouco de dor e foi então que ele resolveu chupar os peitos dela e a acariciar sua buceta, isso acendeu o fogo da minha mulher, ela olhou pra ele e disse;... Enfi essa rola todinha dentro de mim, arromba meu cú na frente desse corno, vai meu macho, mete essa rola todinha dentro do meu cú, ahhhh... Ele obedeceu e enfiou toda sua rola dentro do cú da minha mulher, dava pra ver que só ficava as bolas do lado de fora, quando ele tirava o pau de dentro do cú dela dava pra ver o buraco que ficava, ela gemia forte dizendo;....

Ahhh, tá gostoso demais essa rola no meu cú, me come meu macho, ahhh quero gozar, em seguida, Jackson retirou seu pau do cú da minha mulher, trocou a camisinha e meteu forte na buceta dela enfiando tudo, ela gemia de tezão e pedia a ele;..... Me come gostoso Jackson que eu quero gozar, mete em mim e ao mesmo tempo chupa meus seios que eu gozo gostoso, goza junto comigo vai ! E assim ele obedeceu, enfiava sua rola todinha na buceta da minha mulher e ao mesmo tempo chupava seus seio, não demorou muito e os dois gozaram alucinadamente, em seguida, ele retirou o pau da buceta dela e eu pude ver que a camisinha estava cheia de esperma, ela retirou a camisinha do pau dele e derramou todo o seu esperma em cima dos seus seios e ficou espalhando sobre ou bicos dos seios, Jackson se afastou e foi se vestir, ela olhou pra mim e disse;......

Vem amor, é sua vez de gozar, abri as pernas dela e meti na sua buceta, ela olhava pra mim e me dizia;... Olha amor, meus seios estar cheio de esperma da rola do Jackson, me come e passa a língua nos meus seios vai, limpa tudo e sente o gosto do esperma dele, ele me comeu gostoso, obedeci a minha mulher e limpei com minha língua todo esperma dele que estava espalhado nos seios da minha mulher, em seguida gozei dentro da buceta dela. Depois disso nos vestimos e fomos deixar o Jackson na casa dos seus familiares. Essa foi mais uma das muitas que virão por a frente.

Até a próxima.