Dando para uma travesti bem dotada dentro do meu carro

Estava dando uma volta de carro pela avenida Farrapos, famosa aqui em POA por suas lindas travesti que ficam desfilando. Minha intenção era só dar uma olhadinha mas não resisti quando vi uma loira de parar o transito e literalmente parava, usava uma bota de couro até o joelho, somente uma calcinha atolada em seu rabo imenso e lindo e uma blusinha tapando seus peitos médios, bom de rosto era mui lindinha. Na terceira vez que passei não agüentei e parei para batermos um papo, resumindo, acabamos indo a um drive in perto de seu ponto.


Peguei um lugar bem reservado e começamos a nos agarrar. Estava bem perfumada e de perto era muito mais gostosa que na rua, comecei beijando seu pescoço e acabamos num belo beijo de língua bem safado, ela já passava a mão por cima de minha calça e acariciava meu pau, já em ponto de bala. Abriu minha calça e baixou toda, abaixou e caiu de boca lambuzando meu pau... fui ao delírio, porque nada como uma chupada de uma travesti, elas sabem o que fazem, enquanto ela me chupava passava a mão em sua bunda gostosa. Quando ela parou de me chupar, tirei sua blusa e chupei seu s peitinhos e passei a mão por seu pau, já querendo sair da calcinha, quando ela tirou tive um susto porque era um pau gigante, maior e mais grosso que o meu.

Tive uma reação que misturava tesão e medo, perguntei se ela gostava de ser chupada, ela concordou e caí de boca enquanto tentava em vão engolir todo aquele membro. Chupei seu saco e ficamos alternando as chupad as, ela mais sacana, já passava a mão pelo meu rabo enquanto engolia meu caralho. Ele me disse então que só tinha uma coisa que ela gostava mais que chupar e era comer um rabo branquinho e lisinho que nem o meu, arrepiei quando ela disse isso já com o dedinho todo no meu cú. Tentei dizer que não entraria de jeito nenhum mas ela pediu só para tentar já que estava morrendo de tesão, topei tendo a certeza qu enão entraria, ela então baixou os dois bancos dos carros e pediu para eu ficar de 4. Ela veio por trás e começou a beijar minha bunda enquanto preparava meu rabo com um creme, aquilo estava me deixando louco. Entrou ela colocou uma camisinha e começou a forçar a entrada de seu pau gigante no meu rabo, quando forçou parecia que iria me destruir, tentei dizer pra ela parar mas ela dizia que já estava quase dentro. Ela beijava meu pescoço me chamando de gostoso enquanto seu membro entrava no meu cu.

Não acreditei quando todo seu pau entrou e senti seu corpo encostar no meu. E la tinha todo o controle da situação e começou a mexer, tirando parte de seu pau e enfiando novamente, os movimentos aumentaram e logo ela gemia alto enquanto fodia meu rabo sem parar. Ele tirou, deitou na poltrona e disse para eu vir por cima, desta vez entrou mais fácil e sentei em cima daquele membro grande e gosotso, fodemos um tempo assim e novamente ela me colocou de quatro dizendo que queria gozar, me fodeu com força e quanto senti que iria gozar encostei no meu pau e gozei junto, sentia aquele pau pulsar dentro de meu rabo enquanto eu me acabava. Ela ainda ficou metendo e tirando por um tempo até seu pau amolecer para então tirar de meu rabo fodido. Caímos um para cada lado. Ficamos nos curtindo ainda por um tempo até levá-la novamente para seu ponto. Sempre passo lá e a vejo gostosa e maravilhosa e certamente ainda voltarei para mais um pouco de pura sacanagem.

  Marcelo / POA - email: marcc_poa@mail.com